Eleições 2014

TSE proibe propagandas eleitorais em que Dilma e Aécio se acusam

Eleições de acusações

Poucas Propostas e muitas acusações marca o debate para governo na Paraiba.

Sertão violento.

Menor mata pedreiro a golpes de facão.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Suspeito de matar estudante em escola de JP é preso e levado ao CEA

menor presoFoi preso no início da tarde deste domingo (23), o adolescente de 15 anos suspeito de ter atirado e matado a estudante Maria Beatriz Souza Santana, de 14 anos, no interior da escola municipal Violeta Formiga, em João Pessoa. O adolescente foi ouvido pela juíza de plantão Thana Michelle Carneiro Rodriguese, e logo após encaminhado para o Centro de Educação do Adolescente (CEA) de João Pessoa na noite deste domingo.
O jovem foi encontrado em um escritório de advocacia que funciona na avenida João Machado, no Centro de João Pessoa. Ele estava acompanhado da mãe e de outros familiares, além de um advogado, e não resistiu à apreensão. No momento em que foi localizado pela polícia, ele estava com a pele ainda manchada pela tinta usada para pintar o cabelo de preto.
A arma usada pelo suspeito não foi encontrada pelos policiais. Segundo a mãe do adolescente, ele passou as 48 horas em que esteve foragido escondido no mangue da região.
por portal midia

Morre estudante baleada em escola de João Pessoa

Pente fino encontra 44 celulares, 46 carregadores e drogas no Presídio Silvio Porto, na Capital

Cerca de 44 celulares foram apreendidos durante o pente finoReprodução/Whatsapp/Aspirante Zé Carlos/
Cerca de 44 celulares foram apreendidos durante o pente fino
Uma operação pente fino, realizada na manhã desta segunda-feira (24), na Penitenciária Desembargador Silvio Porto, na Capital, encontrou e apreendeu 43 celulares, 46 carregadores e uma quantidade de drogas que estavam em posse dos detentos.

Leia também:
PM apreende drogas, armas e prende suspeitos de crimes durante o fim de semana na Grande JP
De acordo com o diretor adjunto do Presídio Silvio Porto, José Rodolfo, a operação pente fino é rotineira envolveu os agentes penitenciários. “Apreendemos 43 celulares, 46 carregadores, fones de ouvido e também pequena quantidade de maconha, cocaína e medicamentos. Vamos continuar as operações de fiscalização buscando sempre barrar a entrada desses materiais”, disse.
Leia mais Notícias no Portal Correio
Segundo o secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, as operações pente fino devem continuar ocorrendo em todos os presídios da Paraíba. “Isso faz parte de uma determinação nossa de intensificar as operações pente fino e reforçar a fiscalização de entrada dos materiais ilícitos nos presídios. Sempre que possível iremos realizar estas operações”, afirmou.
2 / 3

Homem reage a assalto, joga caminhão por cima de moto e mata suspeito no Sertão


Local onde o corpo do suspeito foi encontradoReprodução/Instagram/moficorreio
Local onde o corpo do suspeito foi encontrado
Uma tentativa de assalto terminou com a morte de um dos suspeitos pelo ato, na noite desta segunda-feira (24), na rodovia PB-262, nas proximidades do local conhecido como “curva do nove”, entre os municípios de Patos e São José do Bonfim. O motorista de um caminhão, ao perceber que seria assaltado por dupla em uma motocicleta, jogou o veículo por cima da mesma, o que resultou na ocorrência fatal. Segundo a Polícia Civil de Patos, como resposta à ação desesperada, um dos homens efetuou um disparo e o caminhoneiro foi atingido com estilhaços do projétil na área da boca.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A polícia informou que o motorista seguia em um caminhão carregado com frango. Ele faria uma entrega em um assentamento chamado Tubarão, quando foi surpreendido pelo anúncio do assalto.

Mesmo ferido, ele conseguiu seguir até um posto de combustíveis no bairro Alto da Tubiba, em Patos, onde acionou a Polícia Militar. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado. Segundo a atendente Suely, do Samu do município, o caminhoneiro sofreu apenas ferimentos superficiais e se recusou a ser conduzido para o Hospital Regional de Patos, pois não poderia abandonar a carga.

Os policiais foram até o local indicado pelo motorista e encontraram apenas um homem, já sem vida. O outro permanecia foragido. A Polícia se encontrava na tentativa de localizá-lo.

Conforme explicou o agente André, da Polícia Civil de Patos, o caminhoneiro deverá ser chamado para prestar esclarecimentos sobre o caso, mas, após ser ouvido, “provavelmente será liberado devido às circunstâncias do momento da ação, que podem caracterizar legítima defesa”.

Agentes do Instituto de Polícia Científica ainda realizavam os trabalhos de perícia e conduziriam o corpo do suspeito pelo assalto para o Instituto Médico Legal de Patos. A identificação do mesmo ainda não havia sido realizada. Por portal correio

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Novata na Assembleia diz que não ‘abandonará’ Cássio na oposição a Ricardo Coutinho: “estaremos ao seu lado”


A deputada estadual eleita, Camila Toscano (PSDB), declarou, nesta quinta-feira (20), que as urnas consagraram o senador Cássio Cunha Lima como o grande líder da oposição ao governador Ricardo Coutinho. Camila disse estará com o senador tucano discutindo temas relevantes para a Paraíba.

“Inegavelmente Cássio se tornou o líder maior da oposição paraibana, estaremos ao seu lado debatendo, trocando ideias e opiniões sobre temas relevantes de interesse da sociedade”, sacramentou em entrevista ao Blog do radialista Rafael San.

Camila também comentou sobre seu posicionamento sobre a escolha da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba.

Mesmo já tendo se reunido com colegas do PSDB como Dinaldinho e Bruno Cunha Lima para tratar sobre a atuação da bancada tucana na Casa de Epitácio Pessoa, Camila disse aguardar reunião ampla das oposições para definir as estratégias de atuação política fora e dentro da Assembleia.

“A escolha do novo presidente será em fevereiro, é cedo para tratarmos deste assunto, nossa intenção é votar em bloco e garantir o espaço merecido do partido na mesa diretora”, adiantou Camila.

A parlamentar disse que vai trabalhar por uma Assembleia autônoma e capaz de representar livremente o povo paraibano, mas salientou que o deputado escolhido pela bancada para presidir a mesa receberá seu irrestrito apoio.

“Queremos uma Assembleia independente que não seja extensão do Executivo com autonomia para legislar”, defendeu.


Roberto Targino 

com informações do Blog do Rafael San

Militante na área de pesquisas sobre doenças raras recebe homenagem na CMJP

Militante na área de pesquisas sobre doenças raras recebe homenagem na CMJPA Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) realizou, na tarde desta quinta-feira (20), uma sessão especial, durante a qual, concedeu o Título de Cidadão Pessoense e a Medalha Cidade João Pessoa ao estudante Patrick Teixeira Dorneles Pires, militante na área de pesquisas sobre doenças raras. A homenagem e a solenidade foram propostas pela vereadora Raíssa Lacerda (PSD).

A solenidade foi prestigiada pela vereadora Eliza Virgínia, o senador Cássio Cunha Lima, o deputado federal Pedro Cunha Lima, todos do PSDB; o vice-prefeito da Capital, Nonato Bandeira; o secretário municipal de Turismo e vereador licenciado Bruno Farias; e representantes da Associação de Crianças Deficientes (ACD) de Pernambuco e Campina Grande. A sessão ainda contou com a presença de amigos, familiares, colaborados e companheiros de luta do homenageado.


“É um dia singular do nosso mandato nesta Casa no qual podemos homenagear com o Título de Cidadão Pessoense e a Medalha Cidade de João Pessoa esse jovem de grande valor, força e justeza no trabalho em prol da pesquisa sobre a Mucopolissacaridose IV-A. Ele é um ser humano que não deixa a tristeza chegar em sua vida, nem na vida de todos a sua volta. Esperamos com essa homenagem faça com que outras pessoas veja no voluntariado o prazer de ajudar os outros. Patrick merece receber as maiores comendas da Casa por sua luta grandiosa e como embaixador dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) na Paraíba”, justificou a vereadora.


Raíssa ainda destacou que o homenageado é um exemplo de ser humano muito dedicado ao próximo. Foi o único selecionado para ser voluntário da pesquisa do HU de Campina Grande. Mas lutou para que todos os pacientes da doença no Nordeste também sejam voluntários.


O senador Cássio Cunha Lima fez um relato sobre a luta do homenageado em favor da Pesquisa de Tratamento da Mucopolissacaridose IV-A. “Estamos aqui para testemunhar este momento de extrema justiça porque Patrick merece esta homenagem por seu testemunho de vida, por sua postura diante dos desafios. Esta homenagem não é só minha mas também do senador Aécio Neves. Trago de Brasília dois abraços, um do Aécio, que não pôde está aqui porque está cansado depois da campanha eleitoral e outro do senador eleito pelo Rio de Janeiro, o ex-jogador de futebol e deputado federal Romário. Patrick você merece estes títulos. Você é um exemplo para todos nós”, comentou o senador.


O homenageado fez um relato do seu nascimento, no qual contou os primeiros caminhos seguidos por seus pais em busca do tratamento para sua doença. “Para meu pai e minha mãe não foi fácil sair da maternidade para levar seu filho a um hospital. Iniciava assim a nossa peregrinação hospitalar. Eles me contam que sempre tiveram muita alegria. E por causa desta capacidade de amar do meu pai e da minha mãe que vinhemos morar em João Pessoa, cidade de clima quente que ajuda no meu cotidiano. Encontramos amor, calor humano, fraternidade e alegria. Estamos vivendo os melhores anos de nossas vidas. Sou feliz porque sou o Patrick pessoense com muito orgulho”.


Sob a regência da maestrina Socorro Estrela e preparação vocal de Paulo Brasil, o Paulão, o Coral Antônio Leite da CMJP marcou a solenidade com a execução do Hino Nacional, do Hino Oficial da Cidade e seu hino popular, “Meu Sublime Torrão”; além das canções “Faz um Milagre em Mim” e “Acredite!”. Na ocasião também foi exibido um vídeo com depoimentos de pessoas que convivem com o homenageado.


Sobre o homenageado - Natural de Porto Alegre (RS), Patrick Teixeira Dorneles Pires convive com a mucopolissacaridose (MPS), doença genética e degenerativa rara, há 17 anos, diagnosticada quando tinha apenas dois anos de idade. A doença causa, entre outros sintomas, disfunção motora, severa displasia esquelética e baixa estatura. Patrick se disponibilizou para contribuir com a Pesquisa de Tratamento da Mucopolissacaridose IV-A em 2012 e lutou para comover a Comissão Nacional de Ética e Pesquisa (Conep) a fim de liberar a investigação em todo o Brasil, além de conseguir a ampliação das vagas para que pessoas possam participar da pesquisa.


Atualmente, com 17 anos, Patrick é voluntário na Pesquisa de Tratamento da Mucopolissacaridose IV-A, realizada no Hospital Universitário Alcides Carneiro, em Campina Grande. O jovem estudante também luta pela construção de um hospital para o tratamento de doenças raras em João Pessoa e apoia entidades que defendem as pessoas com deficiência.


Assessoria